Campos Salles Fotografia

Fotografia e Birding

Fotografando em um barco

Posted by campossallesfotografia em 25/07/2010

Uma das melhores formas de se aproximar da fauna é com um barco. Principalmente no Pantanal, onde grande parte dos animais se concentram nas margens dos rios ou nos próprios rios. Na minha última viagem ao Pantanal tentamos, sem muito sucesso, se aproximar de uma família de ariranhas. Infelizmente elas estavam extremamente ariscas devido ao fato de estarem com um filhote. É incrível como nadam rápido, literalmente em questão de poucos segundos podem percorrer uma centena de metros em baixo d’água.

No entanto encontramos uma lontra que permitiu um pouco mais de aproximação. Fomos seguindo ela rio abaixo com o silencioso motor elétrico. Aos poucos ela foi se acostumando com nossa presença e voltou a caçar. Capturou um peixe e foi pra margem comer ele. Nossa chance de se aproximar mais a fazer umas fotos. Conseguimos chegar bem perto e eu e meus clientes fizemos ótimas fotos dessa espécie geralmente arisca.

No barco eu fotografo com a 600mm, bem posicionada com o tripé, de forma que eu posso fotografar em ambos os lados do barco. Claro que quem se posiciona na proa tem a vantagem de poder fotografar pra frente também. Ao posicionar o tripé no barco é importante se certificar que ele está nivelado e também que suas pernas ocupam o maior espaço possível (além da abertura normal), garantindo melhor estabilidade e mais segurança.

Como o barco normalmente está em movimento, ao sabor da correnteza, fica difícil conseguir o foco com o modo tradicional de AF (single, na Nikon), pois ao fazer o foco e recompor o assunto já pode ter saído da distância de foco. A solução é usar foco contínuo e alterar a localização do ponto de foco pra pode evitar aquela composição centralizada. Dessa forma mesmo com o barco em movimento o foco é sempre atualizado.

A mesma técnica é usada pra fotografar muitos outros habitantes das margens dos rios:

Tapicuru-de-cara-pelada (Phimosus infuscatus)

Anúncios

2 Respostas to “Fotografando em um barco”

  1. Falando o óbvio – belas imagens, parabéns!

    Você cita no texto clientes e minha dúvida ficou na segurança do equipamento dentro do barco. Não correm o risco de cair na água.

    Abraço!

    Andre

  2. André, existe um certo risco sim, pequeno, mas existe. Falo pros clientes não largarem do tripé, principalmente quando o barco está encostando na margem pois ele pode balançar de lado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: