Campos Salles Fotografia

Fotografia e Birding

Otimizando a relação custo-benefício em 2010

Posted by campossallesfotografia em 04/01/2010

 

Primeiramente, bom ano novo a todos! Eu não sou uma pessoa supersticiosa, realmente não acredito em nada disso (passei o reveillon na praia mas absolutamente NÃO pulei 7 ondinhas, hehe..), mas todo começo de ano é natural que a gente pare pra pensar um pouco nos objetivos, no que queremos fazer esse ano e como melhor os atingirmos. Claro que estou falando de objetivos fotográficos. Parto de três premissas básicas:

1 – Todos temos dinheiro e tempo limitados (mesmo que a quantia de ambos varie pra cada pessoa).

2 – Todos nós queremos fazer as melhores fotos possíveis.

3 – Não moramos num paraíso fotográfico.

Muitas pessoas acabam optando por fotografar no final-de-semana em locais próximos à sua casa, pois é mais barato mas que não possuem tantas atrações assim. Por exemplo, podemos ir numa matinha próxima durante 25 dias por ano. Ainda assim existe um custo pra isso, com combustível e tempo, e os resultados são escassos. O custo pode ser pequeno mas multiplicado pelo tempo maior acaba ficando grande no final das contas. Nesses 25 dias supomos que vc faça 10 fotos muito boas, dá uma média de 1 foto excelente a cada duas saídas e meia.

Agora um outro exemplo, vc vai viajar pro Pantanal durante 7 dias. Claro que os custos dependem muito de onde vc vai ficar, se vai de avião ou carro, se vai rachar com algum amigo, etc. Mas supomos que vc consiga um custo final apenas um pouco maior que o total contabilizados nas 25 saídas próximo à sua casa, o que é bastante provável. A diferença é que gastando um pouco a mais vc não só conhece um local novo como tem grandes chances de fazer muito mais fotos boas, digamos, 3 por dia. Ou seja, 3 x 7 = 21 fotos boas, mais do que o dobro do que vc faria perto de casa por bem menos que o dobro do custo. É uma questão de otimizar valores. Viajar pra fotografar vale muito a pena.

Outra coisa relativa a sair pra fotografar perto de casa: Concentre-se nas espécies em que sua região é mais forte. Por exemplo aqui em Campinas temos tucanos, mas são bem ariscos, difícil se aproximar. Por que eu vou perder tempo pra fazer uma foto meia-boca de um tucano aqui se no Pantanal eu posso fotografá-los muito mais facilmente? Não, aqui eu vou focar nas espécies mais comuns daqui, como canário-do-campo, tesoura-do-brejo, corujinha-do-mato, etc.

Tucanuçu (Ramphastos toco) fotografado no Pantanal, MS.

Posso dar outras sugestões também, como por exemplo participar de workshops de fotografia, aonde vc pode aprender em um só dia o que poderia demorar literalmente anos de tempo e dinheiro. Ou ainda pra não gastar seu orçamento pra compras de equipamentos com besteiras. Ao invés de comprar aquela lanterninha xenon com sinalizador de emergencia e luz noturna em 4 modos diferentes, compre uma bela caixinha pra playback, ou um better beamer pro seu flash… primeiro gaste em equipamentos que realmente fazem diferença na sua fotografia, só depois gaste com as “frescuras”.

Anúncios

8 Respostas to “Otimizando a relação custo-benefício em 2010”

  1. Cristiano said

    Isso mesmo! E sem falar que num lugar diferente da “nossa casa”, o olhar fica muito mais aguçado, pelo menos no meu caso.
    Feliz 2010!!!!

  2. Valeu Cristiano, feliz 2010 pra vc tbm!

  3. clicio said

    Parabéns pelo blog, certamente uma fonte preciosa de informações sobre fotografia de pássaros. Os fotógrafos de natureza devem curtir muito!
    Abraços,
    Clicio

  4. Jorge said

    Concordo plenamente com as suas colocações.
    Voce poderia voltar no assunto do binóculo Nikon que voce tem usado, existe outro modelo ou marca que voce recomendaria e onde comprar ?
    Obrigado e boas fotos.

    • Olá Jorge, existem muitas marcas que fazem binóculos bons a excelentes, como Nikon, Canon, Olympus, Bushnell, Leica, Minox, Pentax, Swarovski, Swift, Zeiss, etc. Pra observação de aves eu prefiro entre magnificação 8 a 10. A magnificação é o primeiro numero, por exemplo 8 x 32. O segundo número pode ser definido como a claridade da lente. Quanto maior esse numero melhor a claridade e nitidez, mas também mais caro e geralmente mais pesado tbm. Existem muitos modelos na http://www.bhphoto.com que vão desde US$ 50,00 a quase 3 mil… como eu uso principalmente como auxílio na fotografia, eu prefiro um bem leve, por isso uso um Nikon 9 x 25, que pode não ser o melhor do mundo, mas pra mim oferece uma boa relação custo benefício. Ah, tbm procure por modelos a prova dágua e de fog proof, muito importante nas nossas matas úmidas.

  5. Reginaldo Ornellas said

    Meus avós moram perto do Pantanal no MT. Fui pra lá no início do Ano, mas com muito pouco tempo. Tinha só 10 dias de ‘folga’ aqiu em SP, então fuide carro. 4 dias pra ir e 4 pra voltar…. fiquei só 2 dias lá. Levei minha 70-200, que não deu muitos bons resultados pois a maioria dos maravilhosos pássaros que vi ficavam no alto das castanheiras, que tem uns 20m de altura… Mas o passeio valeu muito a pena, é simplesmente fantástico. Pra quem não costuma sair de SP recomendo totalmente, mas vá com elo menos uns 10 dias pra ficar por lá. Tem muita coisa pra se ver. Na volta passei pela Chapada dos Guimarães, mas também se muito tempo. Calculo que pra aproveitar a chapada vc precise de uns 5 dias, tem muitos lugares fantásticos pra ir, e as distâncias são enormes (fora as trilhas que tomam muito tempo). Pretendo voltar em breve e poder até lá ter uma lente com maior alcance como a do colega aí. Belíssimas fotos!

  6. Marina said

    fantástica essa foto do tucano, parece que dá pra senti-lo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: