Campos Salles Fotografia

Fotografia e Birding

Cinco dicas para melhorar sua fotografia

Posted by campossallesfotografia em 11/08/2009

Não tenho a pretensão de achar que essas são regras absolutas, até porque eu também ainda estou aprendendo e vou continuar pra sempre.  A fotografia é legal por isso, é uma atividade que sempre tem espaço pra evoluir, é impossível chegar em um ponto aonde não há mais evolução possível, seja pelo lado técnico ou artístico.

Enfim, essas 5 dicas são fundamentais (e bem básicas, olhe como uma introdução para vc pesquisar mais) e podem ajudar quem está começando e tem interesse em melhorar:

1 – Entenda seu equipamento:

Me surpreende o número de fotógrafos que perdem oportunidades de fotos simplesmente pq não leram o manual de suas câmeras! Você tem que saber praticamente tudo dela e isso tem que ser meio intuitivo. A câmera deve ser uma continuação de seu corpo, você não deve pensar como se faz tal coisa. Se parar pra pensar nisso você pode perder a chance da foto. Aprenda como mudar entre os modos de exposição, autofoco (e foco manual!), compensação de exposição e flash, ISO, abertura, velocidade, DOF preview, MLU, balanço de branco, flash remoto, etc. Dominar, ou pelo menos entender bem o lado técnico da coisa não é nem uma virtude, é quase uma obrigação! A não ser que vc não se importe em simplesmente colocar a camera em automático e sair fazendo “registros” apenas. 

2 – Treine sua visão fotográfica:

Composição – a composição de uma foto faz toda a diferença. Existem algumas regrinhas básicas, como evitar centralizar o assunto. Isso geralmente funciona, mas o resto da cena tem que complementar o assunto! Não basta simplesmente colocar ele no canto e achar que está bom… e tbm não deixe isso virar uma regra absoluta. Todas as regras podem ser quebradas. Outra coisa… já faça a composição na câmera! Não deixe pra depois com o famoso crop…

Angulo de visão – as melhores fotos de vida selvagem são, quase sempre, aquelas que estão na mesma altura do animal. Ou seja, sempre que possível evite fotos apontando pra baixo ou pra cima. Deite no chão se necessário! Se o bicho estiver lá no altão da árvore… esqueça, a foto não vai ficar boa.

Luz – como já falei em uns posts atrás, a qualidade da luz é, de longe, o fator mais importante. Sem uma luz boa não existe foto boa. Moral da história, acorde bem cedo.

Plano de fundo – lembre de ver como está o plano de fundo, ele pode fazer toda a diferença também. Pra fotos de aves geralmente se prefere um fundo distante, bem fora de foco e uniforme, mas novamente isso não é uma regra. As vezes é até interessante mostrar mais detalhes do habitat da ave. Muitos fotógrafos simplesmente esquecem do plano de fundo. Ele tbm faz parte da foto!

Momento – foi o momento certo da foto que fez de Henri-Cartier Bresson um dos mais famosos fotógrafos do mundo. O momento é tudo quando fotografamos seres vivos. Sempre que possível procure pegar alguma ação, uma interação, a ave se alimentando, voando, etc. O que acontece hoje no Brasil, pelo menos entre o pessoal que gosta de fotografar aves, é que há uma super valorização de fotos de aves raras, mesmo que sejam fotos comuns. Mas mesmo fotos de aves comuns, desde que fiquem boas, podem gerar mais atenção que as aves raras, pelo menos para o público geral. É aquele negócio, vc pode ter uma foto razoávelde um bicho super raro,mas vc tem uma foto excelente de um tico-tico? 

_0AC3000

3 – Aprenda o correto pós-processamento:

Na fotografia digital o pós-processamento no computador é extremamente importante. Se interesse pelo assunto, leia tudo e use os melhores softwares (Lightroom e Photoshop). A câmera tem uma limitação na captura da cena, até proposital para capturar a maior latitude de luz possível. Mas nem sempre essa luz ou as cores são as mesmas da cena na hora. Um bom pós-processamento trás de volta a imagem que você teve no momento, e deixa a foto mais viva. Fotografe sempre em RAW e edite em 16 bits. Se quiser impressões profissionais, aprenda sobre perfis e gerenciamento de cor. É um assunto muito complexo, mas fica a introdução pra vc pesquisar.

4 – Use o equipamento certo:

Um equipamento ruim não vai te dar fotos boas. Pode até te dar registros bons, mas a qualidade técnica da fotografia vai sofrer e isso pesa muito para impressões de qualidade e subsequente publicações e trabalhos profissionais. A câmera tbm é importante, mas a lente faz mais diferença. Lentes baratas são, em 95% dos casos, ruins. Digo em 95% pq tem pelo menos uma lente barata e muito boa, a Nikkor 50mm f/1.8D. Já no caso das teleobjetivas esqueça, se quiser uma lente que vá produzir resultados realmente profissionais se prepare pra gastar uma nota preta em uma lente fixa. As lentes zoom são quase sempre inferiores e mais escuras. Compre tbm um bom tripé com uma ótima cabeça/plate. Não há desculpas pra não ter um.

5 – Conheça o trabalho de outros fotógrafos:

E, se possível, fotografe com eles! O melhor aprendizado que existe é aquele que vem com a prática e vivência. Um dia fotografando ao lado de um ótimo fotógrafo vale mais que 100 dias fotografando sozinho e com certeza mais que qualquer livro ou artigo na internet – isso deve servir como bom motivo pra investir em workshops. Descubra e se inspire pelo trabalho de outros, mas faça também o contrário, vejo tudo aquilo que não presta e tbm aprenda como NÃO fazer.

 

A foto do post é de um casal de aratingas-de-bando (Aratinga leucophthalma), fotografado ante-ontem a tarde, aqui no jardim de casa.

Anúncios

3 Respostas to “Cinco dicas para melhorar sua fotografia”

  1. eziowk said

    As dicas são excelentes, e como vc disse não há limites para a evolução da fotografia, principalmente na era digital. A foto das aratingas está belíssima. Parabéns.

    Convido-o a visitar o meu blog: http://photocotidiano.wordpress.com/

    Abraços!

  2. Guilherme Ortiz said

    Octavio, mais uma vez obrigado pelas dicas, “tomei vergonha na cara” e li o manual com calma esta semana, agora já estou com os comandos da câmera na ponta dos dedos, amanhã cedinho vou testar, para me acostumar com os novos comandos aprendidos. E a foto ficou ótima!

  3. Wagner said

    “Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina”
    (Cora Coralina)
    Octávio, obrigado por perder seu precioso tempo com amadores (tipo a pessoa que escreve agora)!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: